O Governo Estadual investiu R$ 300.000,00 na romaria de Bom Jesus da Lapa, no oeste baiano, e faz a intermediação para que o Governo Federal da mesma forma faça a sua parte. A romaria é uma marca registrada para os fiéis da Bahia e também pode alguns outros estados e é reconhecida como sendo a 3ª maior em todo o Brasil.

A solicitação foi feita por Jonas Paulo, representante do Governo Baiano ao longo de uma audiência com Juca Ferreira, o atual Ministro da Cultura, e também com o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, no dia 01/07, em Brasília.

Governo Estadual pede apoio de Ministério para a Romaria de Bom Jesus da Lapa

“A romaria é um patrimônio do estado da Bahia”, mencionou Jonas frisando que a prefeitura da cidade irá solicitar que o Ministério da Cultura identifique o evento na forma de patrimônio cultural imaterial – algo que se tornará inovador, caso obtenha aprovação do Ministério da Cultura.

O prefeito Eures Ribeiro sem hesitação explicou ao ministro a respeito da importância de chegar aos R$ 800 mil. Além dos R$ 300, 000 garantidos pelo Governo Estadual e também dos R$ 200, 000 que a prefeitura da cidade irá atribuir à romaria, outros R$ 300,000 ainda se encontram pendentes.

Romaria de Bom Jesus da Lapa como novo Patrimônio Imaterial – A Resposta do Ministério ao Pedido

Durante a audiência, Juca Ferreira mencionou que o ministério irá contribuir com alguma quantia, no entanto o montante ainda não foi totalmente definido. No que se relaciona ao reconhecimento da romaria como patrimônio imaterial, o ministro recomendou ao prefeito a entrar com o pedido oficialmente.

Eures Ribeiro aproveitou a ocasião para solicitar a construção de um centro cultural da comunidade ribeirinha de São Francisco, no município de Bom Jesus da Lapa, pleito que ainda irá ser analisado pelo ministério.

Organizada há mais de 315 anos, a romaria do Bom Jesus atrai algo em torno de 300,000 visitantes.  As festividades ocorrem a partir de 28 julho até 6 agosto. A romaria ocorre o último dia de festas.

Na parte da manhã e também à tarde, há procissão nas principais ruas do município, que apresenta como destaque o andor a maca transportando a milagrosa imagem do Bom Jesus da Lapa.