Os fenômenos resultantes do efeito estufa causam a cada ano um aumento no na temperatura. E a cada aumento de temperatura, a cada verão e cada vez mais, as pessoas não conseguem atravessar um verão sem o uso de climatizadores e condicionadores de ar.

Falando assim, “climatizador e ar condicionado“, parecem se tratar da mesma coisa, mas não, há uma grande diferença entre os dois tipos de aparelhos. O que se quer é conseguir um aparelho que ajude a amenizar o calor. Mas e na hora de escolher, como fazer, como decidir? A Ponto do Eletricista de Bom Jesus da Lapa vai ajudar na decisão, explicando o que é cada um deles, como eles funcionam e o que oferecem, pois cada um deles têm suas especificidades e funcionam de formas diferentes.

Climatizadores e condicionadores de ar: Principais diferenças entre eles

Climatizadores e condicionadores de ar e suas diferenças

Climatizadores e condicionadores de ar: as diferenças

O climatizador é quase como um ventilador, só que possui um reservatório de água, que deve ser abastecido antes do aparelho ser ligado. Assim que ele for ligado, o ar é puxado e enviado ao ambiente com gotículas de água, já evaporadas e que causam a redução da temperatura do ambiente.

Vantagens: ecológico (não agride a camada de ozônio) e econômico (consome até 9 vezes menos energia do que u condicionador de ar)

É super recomendado para regiões onde o calor aparece acompanhado de ar seco, com umidade inferior a 70 ou 75%. Quem vive em locais que têm alta umidade, podem ter um climatizador com desempenho reduzido.

Importante: climatizador e umidificador também são coisas diferentes. Ambos trabalham com a umidade do ar, mas o umidificador promove melhorias na qualidade do ar, enquanto a função do climatizador é mesmo a de refrescar.

Materiais Elétricos em Bom Jesus da Lapa é na Ponto do Eletricista

O condicionador de ar, ou ar condicionado, é “o cara” do gelo. Resfriamento é com ele mesmo, que ao resfriar, substitui o ar do ambiente – por isso tem sempre aquela temperatura geladinha. Mas é preciso saber que para que ele funcione com toda a sua capacidade e de forma eficiente, é necessário que se atente às suas medidas, os BTUs, a sua medida de potência. Ambientes até 10m² podem receber os de 7.500 BTUs, já ambientes maiores, exigirão ar condicionado de mais de 10.000 BTUs.

Vantagens: possui termostato que pode ser controlado de forma bem precisa e você pode dizer com exatidão qual temperatura quer obter. Outra vantagem é que no inverno eles podem ser revertidos e funcionarem como aquecedores.

Entre os condicionadores de ar, há o convencional e o split – esse último tem sido muito procurado ultimamente, pois são compactos e bem mais econômicos que os convencionais.

Publieditorial