Para enfrentar o calor devemos sempre ter bons aliados, como o ar condicionado e o ventilador. Mas nem todos gostam de ar condicionado, preferem o bom e velho ventilador. Só que não basta apenas pegar qualquer ventilador e pronto, o problema do calor está resolvido. Por isso, a Ponto do Eletricista de Bom Jesus da Lapa vai ajudar dando dicas de como escolher um ventilador.

Materiais Elétricos em Bom Jesus da Lapa é na Ponto do Eletricista

Como escolher um ventilador para a sua casa ou escritório

Quem é da área e entendem dá ótimas dicas para que a escolha do ventilador para casa ou escritório seja a mais adequada.

1.  Tipos de ventiladores

A principal diferença entre eles está no alcance e na direção do vento.

  • Ventilador de teto – além de ventilar ele também ode ajudar a iluminar o ambiente, além de estarem disponíveis em vários modelos, inclusive, modelos decorativos. Eles produzem uma brisa mais uniforme, que se espalha pelo local e gera climatização, enquanto o seu foco mais forte se concentra na região imediatamente abaixo do aparelho. Com relação à área ventilada, os ventiladores de teto alcançam uma distância de até 25 m².

como escolher um ventilador de teto

  • Ventilador de mesa – sua funcionalidade é um pouco menor, assim como a potência. São indicados para direcionar o vento e para espaços pequenos, que não exijam muita ventilação. Os ventiladores portáteis conseguem ventilar uma área de até 12 m².

ventilador de mesa

  • Ventilador de parede – são fixados na parede e são perfeitos para espaços pequenos ou para corredores. Por oscilarem, eles produzem mais ventilação e enviam o ar frio a uma distância maior. Mas cuidado com o local onde for instalá-lo, pois ele tem um jato forte, que pode causar desconforto. A sua instalação deve ser feita de forma que acentua a ventilação ambiente, para que o vento artificial não ‘brigue’ com o vento natural que entra pelas aberturas do cômodo.

Ventilador de parede

  • Ventiladores de piso – esse tipo de ventilador pode ser encontrado em vários modelos e formas. Há os de pé, torre, circulares e quadrados. Esse tipo de ventilador segue a mesma lógica do ventilador de parede, com a diferença que o seu alcance é menor, além de ser o mais indicado para uso doméstico.

Ventiladores de piso

  • Circuladores de ar – os circuladores espalham o ar pelo ambiente, refrescando de maneira uniforme uma área maior do que consegue um ventilador fixo – por isso os movimentos circulares. São perfeitos para aqueles espaços, como os cantos de uma sala, onde a ventilação demora a chegar.

Circuladores de ar

Conhecendo os tipos de ventiladores, há dois fatores que devem ser considerados na hora da aquisição: o design e o motor. Com relação ao motor, a diferença está basicamente entre os modelos nacionais e os importados. Enquanto um importado gasta aproximadamente 65 watts por hora, o nacional pode chegar até 127 watts. Por que o importado consome menos energia? Porque costuma ter um mecanismo mais potente, ou seja, ele refresca mais com menos rotações por minuto, o que acaba ainda, diminuindo o barulho.

Também o número de pás influencia no desempenho do aparelho: quanto maior o número, maior a sia capacidade de espalhar o vento – isso também depende da checagem do ângulo de inclinação, pois ele determina a quantidade de ar movida.

Caso ainda tenha dúvidas sobre qual ventilador comprar, consulte a equipe da Ponto do Eletricista, que está preparada para lhe ajudar com todas as suas dúvidas.

Publieditorial