A economia brasileira passa atualmente por mais uma fase ruim, a crise se intensificou e não se fala em outra coisa, pois ela afeta diretamente o bolso do trabalhador – e pior, ela compromete até mesmo o emprego do trabalhador brasileiro. Por isso, é preciso que em momentos como este, se esteja preparado para enfrentar os percalços financeiros, e pensando nisso, listamos algumas dicas que podem ser úteis para ajudar a economizar em tempos de crise.

Dicas para economizar em tempos de crise

Dicas para economizar em tempos de crise

A instabilidade econômica pode afetar mas não prejudicar o seu orçamento financeiro, por isso, alguns cuidados são necessários para que consiga organizar-se em tempos difíceis e de quebra, poupar um pouco seguindo as dicas do Gilvan da Cred Nordeste:

1. Anote todos os seus gastos

Nada melhor do que ter um controle sobre tudo o que se gasta. Fazer uma relação entre o que se ganha e as despesas facilita o controle do orçamento e também ajuda a visualizar onde se gasta demais e o que pode ser diminuído ou até mesmo cortado do orçamento.

2. Identificados os excessos, corte o que for possível

Muito dos gastos excessivos estão em produtos ou serviços que podem tranquilamente ser substituídos por outros, por exemplo:

  • O pacote de TV por assinatura, tem número x de canais, só que você nem encontra tempo para passar na frente da televisão assistindo a séries, filmes, documentários, novelas etc. Está pagando um valor bem significativo para ter canais aos quais nem assiste.
  • O plano de internet pode significar uma quantia bem razoável, se for 30 reais a mais do que um plano de menos velocidade, isso significa 180 reais ao fim de seis meses.
  • Rótulos custam dinheiro, então que tal desapegar deles? Aquela marca de sabão em pó é ótima, segundo diz o comercial, mas pode custar até 40% a mais do que uma marca um pouco menos conhecida, mas que traz resultados tão bons quanto a outra. Serviços, alimentos e vestuário podem ajudar a reduzir bastante o orçamento mensal.
  • Ter um status bancário significa ter mais taxas para pagar. Os bancos fazem com que as pessoas se sintam importantes e especiais ao ter atendimento personalizado, mas cobram bem por isso. A solução? Se você tem uma conta vip, volte para a conta normal, com tarifas bem menores.
  • Na alimentação também é possível economizar: nada de comprar sem necessidade; aproveitar bem o que se tem em casa, nada de deixar alimentos estourarem o prazo de validade – você pode organizá-los baseando-se nesse prazo; congelar alimentos ajuda bastante com a economia, pois mesmo as sobras podem ser congeladas me reaproveitadas depois.
  • Outras formas de economizar já são velhas conhecidas: economizar na energia elétrica, desligando luzes e aparelhos eletrônicos; economizar água, juntando a roupa suja e enchendo a máquina ao invés de ir lavando aos poucos; e tudo que talvez até já faça parte da rotina, mas que não custa lembrar.

Com essas sugestões, você certamente se dará conta de que dá para cortar gastos em muitas outras coisas e com o orçamento enxuto, ninguém corre o risco de ficar sem dinheiro para as despesas e para viver e de quebra ainda aprende a fazer uma economia, que pode significar até juntar uma grana extra.

Anunciar no central da lapa