Depois do último texto que falamos sobre o uso do Twitter, chegou a hora de investir financeiramente para que sua empresa seja vista por milhares de pessoas neste ambiente da web. Falamos do Google AdWords, um serviço de link patrocinado do Google que coloca sua empresa no topo da página de busca.

Você já fez uma pesquisa qualquer no Google e viu que abaixo do nome dos primeiros resultados tinha um retângulo meio alaranjado escrito “anúncio”?! Isso quer dizer que é um link patrocinado.

Google Adwords - Links Patrocinados

Existem duas formas de sua empresa estar bem posicionada na busca do Google. Uma delas nós já falamos que é por meio de técnicas de SEO e palavras-chave. É um meio gratuito, mas é difícil de ser aplicado, exige conhecimentos técnicos e é bem mais demorado.

A contratação dos links patrocinados do Google AdWords é a segunda forma. O sistema identifica e relaciona a busca do internauta por palavras-chave, perfil e localização geográfica de acordo com o endereço da sua empresa. Você ganha com um público mais de acordo com seu negócio e os usuários obtêm respostas mais precisas.

Investimento no Google AdWords

O sistema usado é o CPC – custo por cliques. Ou seja, o anunciante só vai pagar pelo anúncio quando um usuário clicar para abri-lo e ir para o site da empresa ou outro destino que tenha sido enviado pelo anunciante.

É ótimo mesmo para anunciantes que tenham um baixo orçamento para publicidade, pois nos links patrocinados é possível determinar quanto você está disposto a gastar por dia.

A inscrição é gratuita. E o investimento diário pode ser ajustado conforme os resultados vão te agradando ou seu orçamento variando. Há empresas que iniciam com pelo menos R$ 10,00 por dia. É você que se organiza e monta o seu próprio planejamento.

7 motivos para colocar sua empresa no Google AdWords

  1. Forma rápida para atrair novos clientes para o site da sua empresa;
  2. Maior visibilidade para o site e o nome da sua empresa;
  3. Possibilidade de segmentar seus anúncios para que eles sejam vistos apenas para os clientes em potencial;
  4. O Google AdWords tem ferramentas de acompanhamento que mostram quantas pessoas viram o seu anúncio e quantas delas clicaram para acessar o site;
  5. Ajuste e alterações na campanha a qualquer momento; pelo próprio sistema, você pode interromper, pausar ou reiniciar sua campanhas com novos termos de pesquisa ou ajustes no anúncio;
  6. Segmentação de público por região é uma possibilidade importantíssima, afinal, não faz sentido moradores de outros estados ou regiões do País verem anúncios de serviços ou produtos que são disponibilizados de forma limitada geograficamente;
  7. Não é preciso um grande orçamento de publicidade, além do sistema CPC, não há contrato, o pagamento pode ser feito no cartão de crédito ou boleto bancário e você recebe relatórios em tempo real para acompanhar sua campanha.

Um detalhe muito importante. O uso do Google AdWords é realmente muito positivo para dar mais destaque e visibilidade para a sua empresa na internet, no entanto, se o seu site não estiver bem estruturado, funcional, com conteúdo e visualmente atrativo, não vale a pena investir num link que vá levar seus clientes até este site.

Seja prudente. Tenha um bom site, coloque os links para as redes sociais que você tenha melhor se adaptado e esteja usando e, em seguida, comece a utilizar o Google AdWords de forma simples, com um baixo investimento. Conforme você for se aprimorando no uso da ferramenta e conseguindo o retorno esperado, invista um pouco mais, talvez em campanhas sazonais ou em grandes eventos ou promoções.

Em nosso próximo artigo, iremos fazer um comparativo entre o Google AdWords e Facebook Ads, quais as vantagens de cada um e qual representa a opção ideal de acordo com o seu tipo de negócio. Não perca!

melhores empresas de publicidade em Bom Jesus da Lapa

Série especial sobre Marketing Digital:

1 – Saiba o que é marketing e coloque seu negócio a frente da concorrência
2 – Marketing digital: estratégias para quem está iniciando na web
3 – Marketing 3.0 e a forma de se relacionar com os clientes
4 – Marketing de conteúdo e a construção da sua história
5 – As vantagens do marketing de conteúdo para as empresas
6 – Como usar o marketing de conteúdo para aumentar as vendas
7 – Estatísticas comprovam que marketing de conteúdo gera resultados
8 – O que é Inbound Marketing, a nova tendência do mercado
9 – Vamos falar sobre blogs?
10 – Valorização da Marca com o seu Blog
11 – Hora de colocar o conteúdo certo no seu blog – Parte 1
12 – O conteúdo certo no seu blog – parte 2
13 – Empresas que utilizam as redes sociais têm mais visibilidade
14 – Facebook, a criação de uma página para a sua empresa
15 – Facebook Advertising, a criação de anúncios para sua empresa
16 – Twitter: o que é e como inserir sua marca
17 – Google AdWords e sua empresa no topo da página de busca
18 – Google AdWords vs Facebook Ads: Onde anunciar?

Dicas Essenciais de Marketing:

1 – 5 ações de marketing promocional para conquistar seus clientes
2 – Como identificar o público-alvo correto
3 – 5 dicas de marketing para gastar pouco
4 – Fabricar ou revender? os prós e contras de cada negócio
5 – Prestação de pequenos serviços agregado ao seu negócio (Em breve…)

Série especial sobre Publicidade Tradicional:

1 – Como ter mais eficiência na publicidade tradicional
2 – O que é importante saber sobre materiais gráficos para publicidade
3 – 5 fatores fundamentais na produção de materiais gráficos
4 – Publicidade em rádio e carro de som: como funciona?
5 – Comerciais de TV: como funciona?
6 – Publicidade externa: outdoors, busdoors e muita criatividade
7 – Painéis de LED para publicidade dão destaque e movimento a sua marca
8 – Como fazer o anúncio na mídia impressa para empresas
9 – Brindes publicitários para marcas que querem presença
10 – Boas maneiras na publicidade com faixas e cartazes
11 – Fotos corporativas: entenda o trabalho de um fotógrafo profissional

Série especial sobre empreendedorismo na Crise Econômica:

1 – Empreendedorismo em crise econômica
2 – Marketing em tempos de crise econômica
3 – Marketing e Publicidade vs Crise econômica: Investir ou se resguardar?
4 – Vale a pena a publicidade na crise econômica?
5 – Redução do marketing na crise econômica é sumir do mapa

Anunciar no central da lapa