Uma Nova Reunião sobre o Velho Chico é organizada em busca de soluções para o estado atual do rio. É bastante notável a preocupação nacional com a situação do Rio São Francisco. Ano pós ano o Velho Chico tem enfrentado muitos obstáculos e isso está causando uma comoção muito grande não apenas nas instituições governamentais ou órgãos públicos.

Mas do que nunca está se observando que por toda a sua história e por tudo que engloba a importância da restauração e preservação desta imensa fonte de vida, o quanto grupos independentes, pessoas comuns e até mesmo comunidades indígenas estão se mobilizando para estudar e viabilizar transformações significativas.

Foto: Sertão Hoje

Foto: Sertão Hoje

O objetivo de tais medidas é que as mesmas que não sirvam apenas para resgatar a saúde do rio, mas principalmente, manter o rio saudável por muitos e muitos anos de modo que as futuras gerações também sejam beneficiadas.

Nova Reunião sobre o Velho Chico traz Medidas a Serem adotadas pelo Projeto

Com base nisso, foi realizada pelo Grupo de Trabalho de Cultura do Velho Chico uma nova reunião sobre o Velho Chico para planejar medidas para tão esperada celebração no território, no que se refere ao projeto “O Velho Chico está morrendo, vamos salvar o Velho Chico”, que terá lugar no dia 03/06/2015 no município de Ibotirama, onde fica a sede do Território Velho Chico.

Uma data foi planejada pelo grupo para angariação de fundos para os municípios que fazem parte do território. Foram planejados fóruns para falar sobre a implantação dos sistemas Municipais de Cultura.

Participaram da nova reunião sobre o Velho Chico o secretário de Cultura de Oliveira dos Brejinhos, Jânio Alves Cruz; o ex-representante territorial da SECULT, Cléber Eduão; a representante da FUNDIFRAN, Isabel de Jesus; o Gerente de cultura da cidade de Bom Jesus da Lapa, João Paulo Lélis; a representante dos pontos de cultura do Estado da Bahia e também da União, Maria Aparecida Ribeiro Cruz “Tokinha”; a Secretária Municipal de Cultura de Igaporã, Daiana Oliveira; o representante territorial da Secretaria de Cultura (Secult), João Pereira; além de outros gestores da cultura local.

A nova reunião sobre o Velho Chico ocorreu no município de Bom Jesus da Lapa – Bahia.

Mais informações: Sertão Hoje