O IF Baiano (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia) disponibilizou mais de 2000 vagas em um processo seletivo para cursos técnicos a partir de suas unidades difundidas por Bom Jesus da Lapa e todo estado da Bahia.

O número de vagas preciso é de 2.690 no total que se dividem entre cursos de formação profissional (nível médio), nas respectivas modalidades, Proeja Integrada e Subsequente.

Novas Vagas de Cursos Técnicos são abertas em Bom Jesus da Lapa

Datas da Inscrição e Requisitos para Novas Vagas de Cursos Técnicos

As inscrições poderão ser realizadas online a partir da data de 5/10/2015 até o prazo máximo de 12/11/2015. No geral, a maior parte das vagas será preenchida por alunos que estudem em colégios públicos, enquanto 25% para a ampla concorrência e por volta de 5% das vagas serão destinadas para inscritos com algum tipo de deficiência.

Segundo o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Baiano o processo seletivo desta vez não incluirá realizações de provas como requisito para que os inscritos sejam classificados.

Para preencher as vagas dos cursos referentes às modalidades subsequente e integrada, serão analisados como critério para a seleção os desempenhos dos candidatos nas disciplinas tanto de matemática quanto de língua portuguesa,.

Enquanto isso, nos cursos referentes ao Proeja (Programa Nacional de Integração da Educação Profissional) na modalidade de educação voltada para adultos e também jovens, a realização da seleção se dará por meio de perguntas e respostas, e se for preciso um sorteio.

No município de Bom Jesus da Lapa serão realizados cursos de educação profissional a nível técnico (nível médio) nas modalidades subsequente e integrada. Estes mesmos cursos serão oferecidos em alguns outros municípios como Teixeira de Freitas, Senhor do Bonfim, Guanambi, Governador Mangabeira, Catu, Itapetinga entre outros.

Seguem abaixo os links para os respectivos editais:

Cursos técnicos

Proeja

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Baiano é vinculado diretamente ao Ministério da Educação (MEC) e foi estabelecido no ano de 2008 pela Lei Federal 11,892, de acordo com a integração das antigas Escolas Agro técnicas Federais de Senhor do Bonfim, Catu, Guanambi,Santa Inês e das antigas Escolas Médias de Agropecuária da Ceplac (EMARC) de Valença, Teixeira de Freitas, Itapetinga e Uruçuca.