Há pessoas que ficam por um longo tempo planejando uma reforma. E esse passo é muito importante de ser aderido, pois é pensando em cada um dos detalhes da mudança que é possível fazer toda a reforma e obra de uma vez só. O planejamento sem sombra de dúvidas é o primeiro passo a se tomar antes de contratar um trabalhador. Mas, é claro, que existem outros fatores que você precisa saber antes de contratar um mestre de obras.

O que você precisa saber antes de contratar um mestre de obras?

Quer contratar um mestre de obras? Procure conhecer bem o profissional

Já é do conhecimento de todos que a área de construção civil possui uma grande oferta de profissionais. E isso faz com que clientes selecionem apenas profissionais altamente capacitados, que podem ser encontrados dentro de empresas que cuidam de toda a reforma.

Porém, uma parte dos contratantes acredita que os serviços de autônomos, além de trazer economia para o bolso, é um dos melhores. Seja qual for a sua escolha, ambos possuem suas vantagens e seus riscos. Então, antes de contratar conheça mais a respeito do profissional. E uma boa dica é buscar referencias de quem já contratou o tal trabalhador, com o famoso boca a boca.

Deixe apenas as indicações e as recomendações no boca a boca

Utilizar sites que oferecem mestre de obras, como o Central da Lapa, por exemplo, é uma ótima ferramenta, ainda mais para quem busca profissionais capacitados. Mesmo com a tecnologia ao nosso favor, muitos indivíduos ainda preferem o famoso boca a boca, que é nada mais que perguntar a alguém sobre trabalhadores.

Esse tipo de iniciativa é essencial antes de escolher quem cuidará da obra. O esquema de recomendação, o velho boca-a-boca, como é conhecido, continua sendo um excelente método para contratar um mestre de obras de confiança, que trará segurança e credibilidade ao contratado.

Apesar de o boca a boca funcionar, jamais faça tudo nesse procedimento. É recomendado deixar apenas as indicações e recomendações para o boca a boca, caso não queira enfrentar problemas à frente.

Firme um contrato formal com o mestre de obra contratado

Após selecionar o mestre de obras, agora é hora de firmar um contrato formal entre as partes. Assim, o risco de ver atrasos, ter um serviço mal executado ou até mesmo pagar e não ter o serviço realizado tem grandes chances de ser evitado.

Firme um contrato formal com o mestre de obra contratado

O velho boca-a-boca continua sendo uma boa opção para contratar um mestre de obras de confiança.

Como apoio ao contrato, é de suma importância redigir um projeto, mesmo que esse projeto seja simples. É necessário conter informações mais especificas sobre o que você deseja e o que será feito na obra.

Por fim, apresente esse projeto aos profissionais contratados, tire dúvidas e não se esqueça de fazer perguntas, como por exemplo, quais serão os materiais necessários, onde comprar e qual o material de melhor qualidade. O profissional deve argumentar, pois é ele que sabe o que é melhor para sua obra. Ah, se for possível solicite a ajuda do mestre de obras na compra dos materiais.

As dicas abordadas pelo Central da Lapa, em parceria com a Líder Construtora e Incorporadora, apresentam três vantagens: consegue buscar o profissional acostumado a obras, evita contratar um mestre de obras não confiável e ajudar o contratante a não cair numa armadilha.