Há vários “pequenos truques” ou dicas que proporcionam uma economia bem significativa de combustível no carro. São cuidados que também acabam ajudando na manutenção do veículo e vão  da escolha do combustível até a forma de dirigir. A seguir, listamos algumas dicas para economizar combustível no carro, e gastar um pouco menos nas suas paradas no posto de gasolina.

dicas para economizar combustível no carro

Dicas para economizar combustível no carro

1 – Ter os pneus sempre calibrados:

A calibragem errada ou os pneus murchos podem afetar diretamente o consumo de combustível. O manual do proprietário traz as especificações sobre a pressão, que é diferente para a traseira e dianteira e até mesmo se o carro está carregado. Os pneus podem significar até 20% do consumo do carro.

2 – Peso:

Quanto mais carregado estiver, mais alto será o consumo de combustível, pois o carro pesado precisa de uma maior aceleração para se movimentar. O manual do proprietário traz qual o peso máximo recomendado pelas montadoras para cada modelo de veículo.

3 – A troca de marcha:

Novamente o manual é p grande aliado do bom funcionamento do veículo, neste caso, é um aliado na economia de combustível. Os veículos trazem no manual a velocidade certa para a troca de marcha, que deve considerar o torque do carro. Um carro a 50 km/h na quinta marcha ou um a 80 km/h na segunda marcha: exemplos do que não pode acontecer, pois isso gasta mais combustível do que necessário. A troca deve ser suave e não espichar até o extremo a marcha para então trocar.

4- Cuidado com as aceleradas:

Aceleradas bruscas e sem nenhuma necessidade afetam demais o desempenho do veículo no quesito gasto de combustível. Aquecer o carro de manhã antes de sair, também não se faz necessário, pois o aquecimento é feito automaticamente nos modelos com injeção. Carros zero quilômetro: nos primeiros 1.000 km é recomendado que se deixe ligado nos primeiros minutos, após isso é só ligar e rodar.

5 – Gasolina aditivada:

Não tem ligação direta com a economia de combustível, mas ela mantém o motor limpo e ajudar a preservá-lo. Um motor sem desgaste e limpo pode apresentar um desempenho melhor e a médio prazo isso gera uma economia de combustível.

6 – Velas:

Um dos itens que mais influenciam no alto consumo de combustível. Devem ser trocadas exatamente quando recomendada pela montadora, de acordo com a quilometragem do carro (o que varia de modelo para modelo). Caso precise de substituição, se estragar, deve ser trocado todo o jogo e mantidas as especificações.

7 – Uso de acessórios:

Qualquer acessório que mude as características originais do carro tendem a provocar uma maior resistência contra o ar, por isso, um especialista deve ser consultado antes de qualquer instalação. Rodas e aerofólios são exemplos, pois, fora do padrão, influenciam na aerodinâmica e acabam aumentando o consumo de combustível.

8 – Qualidade do combustível:

Combustível batizado é o que de pior pode acontecer de prejudicial ao carro. Gasolina com querosene ou etanol com água interferem bastante na média de combustível, pois a composição errada afeta a leitura do sistema de injeção. A dica? Dê sempre preferência às grandes redes e procure sempre pelo selo ANP.

9 – Comportamento no trânsito:

É crucial para garantir uma economia de combustível. Próximo a semáforos, por exemplo, se o sinal estiver vermelho, a dica é diminuir a velocidade, pois nem sempre há a necessidade de parar completamente e assim a retomada será mais suave. Nada de acelerar o carro antes de desligá-lo, como é hábito de muitos, isso também gasta combustível.

10 – Vidros abertos:

Andar com os vidros abertos interfere na aerodinâmica dos carros e acaba causando um aumento no consumo de combustível,  principalmente se a velocidade estiver acima de 80 km/h.

11 – Ar condicionado:

Em dias de temperaturas amenas e sempre que possível, o ar condicionado deve ficar desligado, pois ele aumenta cerca de 20% no consumo de combustível do veículo.

Rede Leve Pizza

12 – Desligar o motor em declives:

É um costume antigo que deve ser abandonado urgentemente – o veículo engrenado gasta menos combustível do que em ponto morto. Isso acontece porque a injeção eletrônica entende que não é preciso aceleração e então corta o combustível.

13 – Alinhamento de rodas:

É fundamental para a aerodinâmica do veículo. Se estiver fora de geometria, as rodas são arrastadas em vez de apenas girar, consumindo mais combustível. Rodas alinhadas é sinônimo de economia de combustível.

14 – Excesso de velocidade:

Essa dica ultrapassa a de economia de combustível, pois o principal fator aqui é a segurança. Mesmo assim, é bom que se saiba que, um carro consome aproximadamente 20% a mais de combustível quando está a 100 km/h do que quando anda a 80 km/h.

15 – Filtros:

Os filtros, tanto o de combustível quanto o de ar, devem ser trocados nas datas determinadas pelas montadoras. Caso eles entupam, irão interferir diretamente na mistura de ar e de combustível na câmara de combustão, deixando a mistura irregular e fazendo com que o veículo gaste mais combustível.

As dicas para economizar combustível no carro estão aí, basta ficar atento e segui-las, garantindo uma boa economia, principalmente com o combustível a um custo alto e em tempos de crise econômica.