Seguro “Garantia Estendida”. Será que vale a pena?


Home  »  Direitos e DeveresUtilidade Pública   »   Seguro “Garantia Estendida”. Será que vale a pena?

Sempre que o consumidor faz uma compra de eletrodomésticos, na hora do pedido e emissão de nota fiscal e do seguro, o vendedor normalmente pergunta ao cliente se ele quer a garantia estendida, que aumenta em um ou dois anos a garantia do bem adquirido.

Esse seguro é vendido pelos lojistas e é regulamentado, a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) que regulamenta. Essa garantia não tem nada a ver com a garantia do fabricante, ela é a garantia após o término da garantia que o fabricante dá – antes disso ela não resolve nada.

Seguro "Garantia Estendida". Será que vale a pena?

 A questão é: vale a pena contratar a garantia estendida?

Primeira consideração: a garantia estendida pode parecer cara, mas se justifica se considerarmos o bem adquirido – televisores e computadores, por exemplo, que usam novas tecnologias e têm um alto custo de reparo. Outro caso seria o de produtos de preços mais acessíveis, mas cuja marca não é conhecida, sendo assim o seguro garantia estendida não será tão alto, considerando o valor do produto e em tese há mais riscos desse produto apresentar defeitos.

Consideremos que o consumidor adquira um equipamento de som, tenha três meses de garantia do fabricante e compre o seguro garantia estendida de um ano. Primeiro, ele não poderá utilizar a garantia estendida durante os três meses de garantia do fabricante, isso já torna o plano mais caro, pois estará pagando 12 meses e só poderá utilizá-lo durante nove meses.

Segundo ponto: quando o produto está defeituoso, normalmente apresenta isso durante os primeiros meses de uso, que a garantia do fabricante cobre. Se ele apresentar algum problema com um ano de uso, o produto já não é novo e mesmo estando na garantia estendida, é mais difícil conseguir resolver.

Outro ponto, comprovado por estatísticas, é que na maioria das vezes que se pede garantia estendida, as seguradoras/lojas alegam que o problema aconteceu devido à má utilização do produto ou ainda que o consumidor não efetuou a troca conforme o previsto no contrato – isso explica as estatísticas que mostram que desde o ano de 2008 os brasileiros gastaram mais de 2,1 bilhão de reais em garantia estendida e que os sinistros no mesmo período somam só 197 milhões de reais.

O que fazer então – comprar ou não comprar a garantia estendida?

Essa é uma escolha que o cliente deve tomar por conta própria, o que está se apresentando são dados, que podem – ou não – ajudar nessa decisão. Especialistas nas áreas de eletrônicos e eletrodomésticos alegam que quando se tem certeza de que o conserto do equipamento será tão caro quanto o próprio equipamento, pode valer a pena ter a garantia estendida. Mas que, dependendo do produto, não compensa, uma vez que a garantia pode custar bem mais cara que o conserto.

Em caso de dúvida, ou mesmo da decisão de adquirir a garantia, o consumidor deve sempre fazer uma leitura aprofundada do contrato e esclarecer qualquer ponto que não tenha ficado bem claro. O mesmo vale para a garantia do fabricante, mas essa você já tem ao adquirir o produto, não precisa decidir antes de comprá-lo.

É importante que o consumidor saiba que pelo artigo 31 do Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078, de 1990), “a oferta e a apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre suas características, qualidade, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados”.

Se deve procurar todas as circunstâncias ou limitações da garantia – como por exemplo, ver se há alguma cláusula que indique que depois de alguns reparos ou se a garantia oferece reparos em domicílio, o que tira do consumidor o gasto com frete.

Bem munido de informações, será muito fácil decidir se compra a garantia estendida quando o vendedor fizer a pergunta. E você, caro leitor, costuma contratar a garantia estendida? Deixe seu comentário…

Para descontrair: Vídeo de humor sobre a garantia estendida

YouTube video

Advogados recomendados em Bom Jesus da Lapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.