Romaria da Terra e das Águas


Home  »  Romaria de Bom Jesus da LapaFestas Religiosas de Bom Jesus da Lapa   »   Romaria da Terra e das Águas

Romaria da Terra e das Águas

Tradicionalmente conhecida por sediar as famosas Romarias do Bom Jesus e de Nossa Senhora da Soledade, a cidade de Bom Jesus da Lapa, que se localiza na região do Médio São Francisco, também é cenário de manifestações político-religiosas. Trata-se da Romaria da Terra e das Águas.

Romaria da Terra e das águas
A Romaria da Terra e das Águas traz manifestações político-religiosas em Bom Jesus da Lapa

A Romaria da Terra e das Águas

Lugar de grande potencial turístico, a importância histórica da cidade repousa essencialmente em seu Santuário: também é lá que ocorre a Romaria da Terra e das Águas.

Realizada todos os anos, no primeiro final de semana do mês de julho, a Romaria da Terra e das Águas é a “caçula” das romarias e, a exemplo das outras, também ganhou amplitude regional e nacional.

O evento data do final da década de 70 e com o passar do tempo vem se atualizando cada vez mais em relação aos acontecimentos sociais.

Nela, o protagonismo é das comunidades campesinas, mas a Romaria abrange as mais variadas categorias de peregrinos, contemplando agricultores, lavradores, quilombolas, estudantes, assalariados, acampados, assentados, posseiros, meeiros e trabalhadores de todo tipo.

A Romaria da Terra e das Águas em Bom Jesus da Lapa tem um forte apelo social, além do apelo religioso. É a celebração que faz com que o povo do campo se mobilize e que, além de renovar a sua fé, mostre ao mundo a sua luta constante.

O grupo vai em busca do direito da terra e da água para todos, da libertação do latifúndio e de todas as formas de opressão.

E para integrar a Romaria da Terra e das Águas vale tudo: o trajeto é feito de ônibus, de caminhão, de barco, a cavalo e em alguns casos até mesmo a pé, de inúmeros lugares da Bahia e também de outros estados brasileiros.

Melhores Hotéis
em Bom Jesus da Lapa

Fizemos um Guia de Melhores Hotéis em Bom Jesus da Lapa.
Para conferir é só clicar no botão logo abaixo.

As Cruzes e enxadas na Romaria da Terra e das Águas

A Romaria da Terra e das Águas começa com uma missa de abertura no primeiro dia. Depois começam a acontecer palestras e debates, onde se discutem questões ambientais e ecológicas.

Assim, inseridos nesse rico imaginário simbólico que permeia a ocasião, estão as velas, cruzes e terços – itens religiosos que integram a fé católica – mas também pás, enxadas e foices, instrumentos da labuta na terra.

As Cruzes e enxadas na Romaria da Terra e das Águas
As Cruzes e enxadas estão sempre presentes na Romaria da Terra e das Águas

A ideia é alimentar os participantes com força e coragem, tendo a memória dos mártires como norteadora. Tópicos como produção e consumo, estilo de vida capitalista e meio ambiente são igualmente trazidos às discussões.

A programação inclui celebrações religiosas, atividades culturais e debates e dentro dela sempre é abordada a conjuntura contemporânea sociopolítica do Brasil.

A organização do evento é da Comissão Pastoral da Terra – Bahia, Dioceses de Bom Jesus da Lapa, Barreiras, Irecê, Barra, Caetité, Arquidiocese de Vitória da Conquista, Santuário Bom Jesus e organizações e movimentos populares.

BANNER CHIQUINHO 900X600

É o momento de se discutir um mundo mais sustentável e de discutir políticas para as minorias, o trabalhador rural, os quilombolas, os ribeirinhos, os indígenas – e ter a fé de que, pela fé, mudanças são possíveis e podem acontecer.

Apesar dessa romaria romper a barreira do significado religioso somente, ela é de extrema importância pela abordagem e pelo que discute – temas preocupantes e que dizem respeito à todos, uma vez que dividimos o mesmo Planeta e que também devemos dividir os cuidados com ele.

Essa é uma ótima oportunidade para quem pensa em visitar Bom Jesus da Lapa, o Santuário e as demais atrações da cidade – e ainda participar de encontros para discutir o futuro e as melhorias que podem ser feitas nos locais onde moramos, além de ajudar a erguer bandeiras sociais, como a de luta das minorias.

Um pouco de história sobre a Romaria da Terra e das águas

Em seu nascedouro, o Santuário do Bom Jesus tornou-se um lugar por natureza do povo sofrido do Sertão da Bahia.

Dessa linha que atravessa o tempo, fez parte, por exemplo, o destino de povos como índios, quilombolas e escravos – uma população invisibilizada, relegada e fadada a uma existência de sacrifício, pois subordinada a coronéis em meio a carências de todo tipo.

Então, nada mais natural que a Romaria da Terra ganhasse cada vez mais adeptos progressivamente

Revelam os historiadores que em 1977 saiu um grupo de 150 romeiros de Colônia, Andaraí e localidades próximas (região da Chapada Diamantina, estado da Bahia), rumo a Bom Jesus da Lapa.

Conta-se que nessa época, em muitas regiões da Bahia predominava um panorama muito conturbado, em relação aos problemas de posse de terra (com ameaças de latifundiários e fazendeiros a agricultores, expulsões e centenas de mortes).

Esse território era intensamente marcado por políticas econômicas que ignoravam as peculiaridades da agricultura camponesa.

Melhores Locais de Alimentação
em Bom Jesus da Lapa

Fizemos um Guia de Melhores Locais de Alimentação em Bom Jesus da Lapa.
Para conferir é só clicar no botão logo abaixo.

Terra para aqueles que nela trabalham

Nesse sentido, grandes fazendeiros deram início a um processo de apropriação de muitas terras para expandirem a pecuarização, para a criação de gado bovino, ou simplesmente como meio de promoverem a reserva de valor (popularmente conhecida como “capital de rescaldo”).

Os pequenos produtores começaram a ter suas terras – onde desenvolviam suas policulturas: feijão, arroz, milho, mandioca, abóbora, melancia, palma, andu e mamona – drasticamente reduzidas.

Foi nessa atmosfera de contrastes e conflitos em torno de problemas de posse de terra que, em julho de 1977, nasceu a nova romaria. Na oportunidade, o tema escolhido foi “Terra para aqueles que nela trabalham”.

No entanto, ela não foi oficialmente considerada a primeira, por ter sido restrita a poucas comunidades. Nos moldes atuais, ela começou no ano seguinte, em 1978.

Chamada de “Missão da Terra”, em 1978, ela teria esse nome até 1988; deste ano, até 1999, passou a ser “Romaria da Terra” e, a partir daí, tornou-se também das Águas.

Fotos da Romaria da Terra e das Águas | By Ivanor Borges

Deixamos aqui nosso agradecimento especial ao Irmão Ivanor Borges – CSSR – Missionário Redentorista, pelas fotos da Romaria da Terra e das Águas, cedidas ao Central da Lapa para concluirmos essa matéria no site, enriquecendo ainda mais seu conteúdo.

Não deixe de conhecer também nosso acervo de belíssimas fotos do Santuário, suas grutas e demais pontos turísticos de Bom Jesus da Lapa e outros locais interessantes para conhecer. São muitas fotos de Bom Jesus da Lapa e todas com excelente qualidade.

Guia de Turismo

Esta página é parte do Guia de Turismo de Bom Jesus da Lapa.
Para acessar o conteúdo completo clique no botão logo abaixo.

Posts mais recentes de turismo no Blog

Experimente navegar por nossas publicações no Blog do Central da Lapa.
Publicamos diversos artigos com muita história, fotos e notícias de Bom Jesus da Lapa.

Encontre outros conteúdos em nossas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.