Bom Jesus da Lapa: a Capital Baiana da Fé


Home  »  TurismoCidade Bom Jesus da Lapa   »   Bom Jesus da Lapa: a Capital Baiana da Fé

Bom Jesus da Lapa: a Capital Baiana da Fé

Na Bahia de todos os santos, quem conhece Bom Jesus da Lapa entende que os benditos, orações e versos entoados nas romarias fazem parte do cotidiano da cidade, a Capital Baiana da Fé.

Não há romeiro que não conheça: “A igreja da Lapa foi feita de pedra e luz, vamos todos visitar o Senhor Bom Jesus. Quando eu saí da Lapa avistei a Santa Cruz, da Lapa saí chorando com saudade do Bom Jesus”. 

Bom Jesus da Lapa: Capital Baiana da Fé
Bom Jesus da Lapa: a Capital Baiana da Fé. Foto da Praça da Fé.

A Capital Baiana da Fé!

Mas o que essa região tem de tão especial para ser considerada a Capital Baiana da Fé?

Diversos aspectos colaboraram diretamente para isso e desde o início:  o município começou a existir à sombra do Santuário do Bom Jesus.

chiquinho sorvete bom jesus da lapa

O local é cenário de devoção há pelo menos 300 anos, quando o ourives português Francisco de Mendonça Mar deixou Salvador e iniciou uma vida de peregrinação ao atravessar o Sertão da Bahia a pé, vestido de frade, até instalar-se numa das grutas de Bom Jesus da Lapa. Ele mudou seu nome para Francisco Soledade, ordenou-se padre e fez de morada o Santuário.

Revelam os historiadores que na data em que o monge chegou à região, havia entre o morro e o Rio São Francisco apenas algumas palhoças de índios tapuias. Mas, com o tempo, foram agregando-se devotos que resolveram fazer suas moradias perto do lugar onde se achava a imagem do Bom Jesus.

Junto ao Santuário, o monge edificou um asilo para os pobres e doentes, dos quais cuidava. Assim começou a crescer ao lado da Lapa do Bom Jesus um povoado.

A arquitetura feita por um mar bravio

Quando se chega em Bom Jesus da Lapa é difícil não acreditar que se está diante da Capital Baiana da Fé. No meio da grande planície, atravessada de ponta a ponta por uma vegetação seca e rasteira típica da Caatinga, surge imponente o Morro, um bloco maciço tingido quase totalmente de negro, transpassado por granito e calcário, cheio de grutas profundas e fendas. É a tão falada Igreja de Pedra e Luz.

Dentro dela, estão belíssimas imagens sacras detalhando o calvário de Jesus Cristo. Uma torre construída na entrada principal em formato de um castelo medieval é cercada por estátuas em bronze dos 12 apóstolos, uma obra grandiosa assinada pelo escultor Deocleciano Martins Oliveira Filho. Tudo isso à beira do Rio São Francisco.

Estátuas em bronze dos 12 apóstolos, uma obra grandiosa assinada pelo escultor Deocleciano Martins Oliveira Filho
Estátuas em bronze dos 12 apóstolos, obra de Deocleciano Martins Oliveira Filho

Contam os especialistas em Paleontologia que há centenas de milhares de anos existia naquele espaço, um mar muito bravio que constantemente arrebentava sobre o morro. Graças a isso foi esculpido o santuário natural que confere aos turistas todo um olhar de encantamento a respeito da cidade.

A cidade acompanha o seu destino

E foi justamente devido a essas constantes peregrinações, que desde o começo integram o dia a dia da região, e que se transformaram em grandes e permanentes romarias de fiéis ao Santuário do Senhor Bom Jesus, que o povoado foi se desenvolvendo, transformando-se em vila em 1870, atingindo a categoria de cidade em 1923, quando foi emancipada, no dia 31 de agosto daquele ano.

Atualmente, pelo menos 2 milhões de fiéis visitam todos os anos as grutas. É lá, naquele universo sagrado e querido por eles, que são pagas promessas, se fazem pedidos, se agradece as graças alcançadas ou simplesmente se reza aos pés de uma pequena imagem de Bom Jesus crucificado, exposta no altar-mor existente no fundo da gruta principal.

Acompanhando àquela que foi sua natureza logo no momento de sua fundação, a cidade também se ajustou, digamos, ao seu destino de Capital Baiana da Fé, aprimorando-se ao longo do tempo para acolher seus admiradores.

Nesse sentido, praças e esplanadas foram criadas, estátuas foram levantadas, espaços públicos foram desocupados, centros comerciais e hoteleiros foram idealizados para acomodar os turistas, a segurança melhorou, assim como a sinalização das vias públicas e estradas – tudo para agradar e dar conforto aos fiéis que compõem a terceira maior peregrinação do Brasil.

Vai visitar Bom Jesus da Lapa?

Se você vai visitar a Capital Baiana da Fé mão pode deixar de conhecer alguns pontos turísticos e locais interessantes que vamos indicar a seguir, para que você possa obter melhor experiência de turismo em sua viagem. Confira!

Santuário do Bom Jesus da Lapa

Um dos Principais pontos turísticos de Bom Jesus da Lapa é o Santuário do Bom Jesus da Lapa

Pode-se dizer que o Santuário do Bom Jesus da Lapa é um local esculpido pela natureza, visitado todos os anos por romeiros de todas as partes do Brasil, tanto que a cidade é chamada de “Capital Baiana da Fé”.

O Santuário abriga belas grutas que recebem visitas todos os dias.

Os romeiros e turistas costumam subir o morro, onde é possível ter uma visão ampla de toda a cidade.

O Turismo na Capital Baiana da Fé se intensifica no período das romarias, em julho, quando é iniciada uma novena na esplanada (área externa do Santuário) e tem seu ponto forte em 6 de agosto e 15 de setembro.

Melhores Hotéis
em Bom Jesus da Lapa

Fizemos um Guia de Melhores Hotéis em Bom Jesus da Lapa.
Para conferir é só clicar no botão logo abaixo.

Grutas de Bom Jesus da Lapa

As grutas estão entre os principais pontos turísticos da Capital Baiana da Fé. Tente visitá-las na ordem em que você observa aqui, clicando no nome de cada gruta para ver fotos e saber mais sobre elas.

Melhores Locais de Alimentação
em Bom Jesus da Lapa

Fizemos um Guia de Melhores Locais de Alimentação em Bom Jesus da Lapa.
Para conferir é só clicar no botão logo abaixo.

Outros pontos turísticos de Bom Jesus da Lapa

Além das Grutas, há outros pontos turísticos na Capital Baiana da Fé que você deve conhecer para tornar sua experiência ainda melhor.

A Catedral de Nossa Senhora do Carmo é uma delas e muitas pessoas já conhecem. Existe ainda a Barrinha, localizada na margem oposta do Rio São Francisco, onde você pode desfrutar de comida típica da região. E não deixe de reservar um tempinho para desfrutar da beleza arquitetônica da Praça da Fé, no centro da cidade.

Passaremos a abordar cada um dos pontos turísticos da Capital Baiana da Fé e mostrar o porquê você não deve deixar de conhecê-los.

Catedral de Bom Jesus da Lapa

Catedral em Construção - Catedral de Nossa Senhora do Carmo

A Catedral de Nossa Senhora do Carmo é um dos pontos turísticos de Bom Jesus da Lapa que você deve conhecer!

A praça no entorno da Catedral está entre as mais bonitas e movimentadas da cidade, espaçosa e bem organizada, ótima para se conseguir uma bela fotografia de recordação.

Iniciada em 28 de dezembro de 2003, a Catedral em si ainda não foi concluída, mas está com obras bem avançadas, e já se tornou um ponto de referência sendo avistada desde à ponte Gercino Coelho, imponente, bela.

Barrinha

Barrinha Bom Jesus da Lapa

Um dos mais visitados pontos turísticos da Capital Baiana da Fé é a Barrinha, onde você pode desfrutar de comida típica da região como o peixe frito, moqueca de peixe, entre outros, e ainda passear de lancha e banhar-se no Rio São Francisco.

Da Barrinha você tem uma bela visão do Morro e também da coroa (a prainha), que fica do outro lado do rio, também lotada em época de romaria.

Acredite, a Barrinha é um excelente local para você conhecer, e o preço praticado é bem acessível.

Praça da Fé

Praça da Fé Bom Jesus da Lapa

A Praça da Fé, inaugurada em 31 de dezembro de 2020, além de melhorar a infraestrutura da cidade e modernizar o ambiente urbano, se transformou em mais um dos pontos turísticos de Bom Jesus da Lapa.

A Praça da Fé tem inspiração no estilo romano, com arcos. Tem ainda inspiração de como são as praças da Itália, mais especificamente as praças de Roma, capital italiana, uma das cidades mais visitadas do planeta.

Por ser principal praça da Capital Baiana da Fé, é também um ponto de encontro para os romeiros da Capital Baiana da Fé.

Praça Monsenhor Turíbio Vila Nova

Praça Monsenhor Turíbio Vila Nova na na Capital Baiana da Fé

Em dezembro de 2020, a Capital Baiana da Fé foi contemplada com a Praça Monsenhor Turíbio Vila Nova, um dos pontos turísticos de Bom Jesus da Lapa que você não pode deixar de conhecer.

O novo espaço presta a merecida homenagem àquele que foi um dos maiores colaboradores no que se refere ao progresso da cidade.

E não apenas isso: a vida do Monsenhor Turíbio é um testemunho de amor verdadeiro ao município de Bom Jesus da Lapa.

Praça do Largo da Esplanada

Praça do Largo da Esplanada do Santuário na Capital Baiana da Fé

No dia 04 de dezembro de 2020 a Praça do Largo da Esplanada foi inaugurada na Capital Baiana da Fé.

A antiga Praça da Bandeira que recebeu por centenas de anos um número incalculável de pessoas, agora proporciona uma visão muito mais harmônica do Santuário do Bom Jesus da Lapa.

Uma obra que, além da bela arquitetura romana a qual foi inspirada, reflete uma história de luta dos comerciantes no entorno da Igreja da Lapa.

Guia de Turismo

Esta página é parte do Guia de Turismo de Bom Jesus da Lapa.
Para acessar o conteúdo completo clique no botão logo abaixo.

Posts mais recentes de turismo no Blog

Experimente navegar por nossas publicações no Blog do Central da Lapa.
Publicamos diversos artigos com muita história, fotos e notícias de Bom Jesus da Lapa.

Encontre outros conteúdos em nossas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.